Cuidados a Ter Para Quem Sofre de Fibromialgia

A fibromialgia é uma condição médica caracterizada por dor crónica a nível muscular. Os seus sintomas não se restringem apenas à dor, incluem a fatiga, edema das articulações e perturbações do sono.

Os doentes que sofrem fibromialgia também referem dificuldade em engolir, dormência e extremidades dormentes. Além de disfunção cognitiva e alterações intestinais e da bexiga.

Atualmente o termo fibromialgia refere-se a dores musculares e do tecido conectivo. A fibromialgia pode ser controlada através de uma dieta adequada e alterações do seu estilo de vida.

No entanto encontra-se muito pouca informação sobre dieta e nutrição para estes doentes, existem comidas que podem ajudar os doentes a reduzir as dores. Vejamos algumas dessas condições a adotar para não sofrer com a fibromialgia.

As Pessoas Que Sofrem de Fibromialgia Devem:

Evitar ingerir comidas ricas em gorduras. Devem optar por comidas ricas em antioxidantes e fitoquímicos que ajudarão a minimizar a letargia e a fatiga, levando a um aumento de energia e atenção.

Evitar por completo as bebidas gaseificadas, café, álcool, chocolates, açúcar branco, fritos, comida de plástico, carnes vermelhas, tabaco. As bebidas gaseificadas tendem a libertar o fósforo presente nos ossos. E os açúcares podem levar a uma perda de memória. Os fritos e o sal em excesso provocam um aumento da dor e dos edemas nas articulações.

Evitar a exposição prolongada ao sol.

Devem fazer exercício físico, pois ajuda e muito a manter-se em forma. Quem sofre de fibromialgia deve ser encorajado a fazer exercícios de alongamentos, para esticar os músculos e assim reduzir as dores musculares.

Devem consumir pelo menos 10 copos de água por dia (não deve ser consumida apenas durante as refeições). O café e as bebidas gaseificadas são diuréticos, logo farão com que perca água do seu corpo através da urina, por onde também se perde cálcio dos ossos.

Evitar estes diferentes tipos de comidas e fazer exercícios físicos de forma regular ajudará os doentes que sofrem de fibromialgia a reduzir as dores que sentem devido à sua condição.

14 comentários em “Cuidados a Ter Para Quem Sofre de Fibromialgia”

  1. como se obtem o diagnostico?? tenho a maior parte desses sintomas, quais serao os exames para saber se realmente o doente sofre de fibromialgia??
    obrigada!!!

  2. Gostei muito deste excerto, mas eu sofro de fibromialgia, não tenho qualquer desses comportamentos de risco na alimentação, sempre ingeri cerca de 2,5 ltrs. de agua por dia, exercio fisico diario e 5 vzx por semana, até não aguentar mais as dores, agora, neste momento nem consigo trabalhar, estando de baixa á cerca de 5 meses, com enormes dores, uma quantidade astronómica de medicamentos inclusivé 2 anti-depressivos, V.ilimam não existe ao certo exames que diagnostiquem esta doença, ou seja é por exames e resultados inconclusivos que os medicos chegam ao diagnostico esse que é considerado doença crónica sem nenhum tipo de apoio e na maior parte das vezes incompreendido…

  3. Esse artigo é otimo,já estava praticando,a alimentação a base de verduras e frutas e usando a linhaça.vou procurar praticar o resto,pois não suporto analgésicos.

  4. Muito bom esse poster… Eu tenho 20 anos e sofro dessa síndrome… as vezes as crises vem pesadas de mais… são muitas dores e as dores muito fortes… :/ É triste de mais pra mim… faço o tratamento natural e o com analgésicos e antidepressivos, mesmo sem querer tomar os antidepressivos… descobri a pouco tempo ai tenho que tomar pra poder estabilizar essas dores… um alimento que ta me ajudando bastante é o couve… tomo o suco do couve todos os dias ( couve+laranja+gengibre+chia) e depois de uns 20 dias senti uma boa melhora… tbm malho todos os dias mas a series de exercícios que faço na academia quem passa é minha medica… enfim… espero algum dia voltar a minha vida normal pq neste momento ta impossível… nem pra faculdade to conseguindo ir de tanta dor… espero que um dia passe… minha medica falou que isso é apenas uma crise forte e que logo irá passar… torço por isso e desejo boa sorte a todos que sofrem desse mal assim como eu. :*

  5. Essa doença realmente é dificil de encarar, mas fazer o q? tem dias q estou bem, que nem lembro q ela existe, mas passo semanas q só Jesus…
    Mesmo com as dores, ainda considero q a pior parte de conviver com essa doença é conviver com a incompreensão das pessoas.. aff

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *