Sítio da Mulher

Prepare-se para a Menopausa

Quando se fala em menopausa a primeira coisa que nos vem a cabeça é: mudanças, mudanças e mais mudanças. Afinal, o que é que se transforma no universo feminino com a chegada da menopausa nas nossas vidas? Este artigo vai ajudar as mulheres a, muito antes dos primeiros sinais surgirem, adoptarem a sua vida de forma a triunfar nesta nova fase da sua vida.

Prepare se para a Menopausa

O que é a menopausa?

Cientificamente, é o fim da menstruação da mulher. O diagnóstico definitivo só poderá ser feito 1 ano após a ultima menstruação da mulher, isto porque a mulher poderá estar até cerca de 4 meses sem menstruação e depois voltar a ter. Para a maioria das mulheres, significa também um conjunto de outros sintomas e consequências que vão surgir na sua vida.

Quando surge?

Entre os 45 a 55 anos. É a chamada menopausa fisiológica. No entanto, poderá existir uma menopausa precoce que surge antes dos 40 anos, que geralmente está associada a uma menopausa cirúrgica, ou seja, é quando a mulher tem necessidade (por diversas razões) de retirar o útero e os ovários. É ainda importante referir que as mulheres fumadoras poderão ter a menopausa cerca de 2 anos antes. Factores como a exposição a radiações, doenças ginecológicas ou alterações genéticas podem também ter alguma influência.

A razão?

A menopausa traduz o declínio da quantidade e qualidade de óvulos produzidos pelos ovários e o desaparecimento da ovulação, devido a várias alterações hormonais. Desde a primeira menstruação, o ovário produz estrogénios e progesterona. Quando deixa de produzir estas hormonas, ocorre um processo de degradação progressiva. Os receptores de estrogénios deixam de receber naturalmente o estrogénio, dando lugar a muitas alterações.

A menopausa surge de um dia para outro?

Não. Dá-se de forma progressiva, existindo um nome científico que é dado aos momentos que a antecede: perimenopausa. Esta fase é caracterizada pela irregularidade do ciclo e fluxo menstrual, que pode ser acompanhada por outros sintomas. Na altura que surgem os primeiro sinais deverá consultar o seu ginecologista e será acompanhada em todos os momentos, tirando todas as dúvidas que possam surgir.

Sintomas?

Afrontamentos, suores, sensibilidade ao calor e dor de cabeça são alguns dos sintomas mais comuns da menopausa. Poderá ainda haver alterações psicossomáticas, como irritabilidade, comportamentos ansiosos e depressivos, alterações do sono, secura vaginal e consequências da falta de cologénio, como pele mais seca e com rugas, unhas quebradiças e cabelos mais frágeis. Quando a menopausa está mais avançada, é normal a maioria das mulheres ser afectada pela atrofia uro-genital.

Qual o risco da osteoporose na menopausa?

A osteoporose é uma doença caracterizada pela redução da massa óssea. Os ossos tornam-se menos densos, logo mais frágeis. Tendo em conta que a diminuição do estrogénio dificulta a afixação de cálcio no osso, este processo agrava-se durante a menopausa.

Prepare se para a Menopausa

Dúvidas íntimas que surgem

A minha sexualidade vai ser afectada? – É natural que a menopausa tenha um impacto psicológico na sua faminilidade. Por outro lado, a diminuição da elasticidade e lubrificação da vagina podem tornar as relações secuais mais dolorosas, afectando o desejo sexual. No entanto, este aspecto pode ser solucionado com a prescrição de estrogénios locais e lubrificantes. Não há motivos para não se manter activa sexualmente.

Terei incontinência? – Muitas mulheres que foram mães e não fizeram uma recuperação adequada têm tendência a ter incontinência urinária de esforço mais tarde. Devido à atrofia do aparelho uro-genital na menopausa, esta é uma altura privilegiada para o surgimento desse problema. A terapia de substituição hormonal e os exercícios dos músculos pélvicos ajudam a atrasa-los.

Vou perder capacidades cognitivas? – O cansaço, instabilidade emocional e alterações do sono podem ser associados à perda de capacidades cognitivas, em caso de menopausa não tratada. No entanto, a diminuição do volume do cérebro, que acontece em todas as pessoas a partis dos 30 anos, não é sinónimo de perda de inteligência. É bom manter-se activa intelectualmente, para evitar que a sua massa cinzenta se torne preguiçosa.

O meu corpo vai mudar? – A menopausa implica uma diminuição de tónus muscular e cutâneo, além de uma desaceleração do metabolismo em cerca de 15%. Além disso, a massa gorda aumenta, tendendo a acumular-se na cintura, em vez de nas ancas e nádegas. Por isso o exercício físico é importante para manter o seu corpo o mais semelhante possível.

Prepare se para a Menopausa

Exames médicos essenciais

Mamografia - permite diagnosticar precocemente o cancro da mama. Deve ser realizada anual ou bienalmente entre os 40 e 50 anos.
Colonoscopia – exame fundamenal para a detecção de cancro do cólon. Normalmente, é realizado aos 50 anos e repete-se de acordo com a história do paciente e antecedentes familiares.
Densitometria Óssea – avalia a densidade mineral óssea, permitindo diagnosticar a osteoporose. Está indicada a partir dos 65 anos, mas poderá realizar-se antes.
Citologia do colo do útero – permite diagnosticar infecções pelo vírus HPV, que podem dar origem a cancro do colo do útero. Deve ser feita, geralmente, de 3 em 3 anos.
Outros – faça análises clínicas ao sangue e urina regularmente, monitorize o seu peso, índice de massa corporal, tensão arterial e o batimento cardíaco. Vigie os dentes e gengivas, devido ao risco aumentado de gengivite e periodontite. Consulte, regularmente, o seu oftalmologista para prevenir patologias como a presbiopatia, o glaucoma e a degenerescência macular da idade.

29 Comments

  1. ISABEL ANES

    5 Novembro, 2010 as 13:02

    Olá.
    Ao fim de ler este artigo, concluí que estou na “perimenopausa”.A minha genecologista já me tinha alertado e…não é que é verdade?! Gostei do que li e tem o que é esencial para que nós as mulheres começarmos a viver esse “drama”.Sim porque viver constantemente transpirada é um dos piores dramas.

  2. Lourdes Custódio

    5 Novembro, 2010 as 15:18

    Há um erro: “A menopausa traduz o declínio da quantidade e qualidade de óculos produzidos pelos ovários ”

    Melhores cumprimentos

    • AnaMartelo

      5 Novembro, 2010 as 15:40

      Muito obrigado pelo alerta.
      Cumprimentos

  3. Cláudia

    8 Novembro, 2010 as 8:27

    Penso que usar um bom gel íntimo é essencial…eu uso um que se chama lactacyd e gosto muito. Para quem não conhece fica aqui um link muito útil: http://bit.ly/cfS0w7

  4. helena sousa

    10 Novembro, 2010 as 16:50

    tenho 50 anos e já engordei 15 k. não tenho periodo ha 9 meses tenho calores horriveis já estou numa nutricionista mas emagrecer nada tou desesperada é horrivel

  5. Olinda Lage

    10 Novembro, 2010 as 16:54

    Infelizmente tive uma menopausa precoce e não teve nada a haver com cirurgias, pois tenho os ovários e útero sem problemas. Sem razão aparente entrei na menopausa com 32 anos, idade que a muitas mulheres estão a pensar ser mães pela primeira vez. Felizmente já tinha duas filhas e também não tinha planos de ter mais. Agora estou com 44 anos faço regularmente exames pelo menos 1 ou 2 vezes por ano. Sou muito activa e faço uma alimentação o mais saudável possível, aumentei de peso mas não foi só devido à menopausa mas também porque tive um cancro na tiróide. Nunca tive problemas em ter relações sexuais com o meu marido, pelo contrário não sei se pelo facto de saber que já não engravido, vivo a sexualidade com mais intensidade e desfruto de mais prazer. O meu marido foi fundamental nesta fase da minha vida e fez me ver que a menopausa é só um começo de uma nova etapa e que sou e serei sempre uma mulher a 100%.

  6. faty real

    11 Novembro, 2010 as 12:05

    Tenho 48 anos,na verdade nunca me faltou o periodo,excepto quando estive grávida,mas como li que a menopausa pode aparecer até ao 55 anos já não me surpreende,entretanto todas as minhas amigas e colegas bem mais novas do que eu a maioria já nem período tem,apenas conheci uma pessoa que aos 51 anos ainda tem periodo.Bem apenas quero dizer que passo muito mal,desde os 13 anos altura que me apareceu a menstruação pela primeira vez,sofro de dores e hemorregias,apenas melhorei quando tomava a pilula,mas engordei demais,uma coisa que os médicos não gostam que se digam,mas eu comia somente frutas e legumes e engordava a olhos vistos,apenas tinha uma vantagem em tomar a pilula,além de ter menos hemorregias,não tinha borbulhas,nem t.p.m,o resto era terrível,quanto menos comia mais engordava,mudei de marca de pilula dezenas de vezes,e nada,então optei ao 30 anos por uma laqueação de trompas,visto já ter os filhos que queria,e porque já tinha engravidado com todos os métodos,diu,preservativo,etc.

    Na verdade estou ansiosa de deixar de ter periodo,assim vejo acabarem as hemorregias e as dores terriveis que tenho desde a adolescencia,tenho o utero e ovários saudáveis mas confesso tenho medo de engordar na menopausa ou de sofrer afrontamentos ou osteoporose,enfim amigas,tudo tem as suas vantagens,eu adorava sinceramente não ter mais período, estou ansiosa que ele se vá embora,embora saiba que não devo ser excepção,e terei que passar por esses sintomas,uma coisa me deixa curiosa,as mulheres orientais,raramente se queixam de sintomas da menopausa,pela pesquisa que fiz,talvez porque tomam grandes quantidades de soja,bem,pelo sim pelo não, comecei a tomar soja,e vou tentar recorrer aos produtos naturais,evitando a todo o custo os tratamentos hormonais.

    BEIJOS,A TODAS BEM-HAJAM.
    FÁTIMA REAL.

  7. Lígia Catão

    16 Novembro, 2010 as 7:25

    Venho por este meio informar que na cidade do Porto existe o Espaços Mulher que possui consultas de apoio psicológico na meia-idade.
    As consultas tem como objectivos:
    1.Promover o Bem-estar das mulheres na menopausa;
    2.Informar as mulheres adequadamente;
    3. Apoio Psicológico nas diferentes áreas da vida da mulher;
    4.Aconselhamento Sexual na meia-idade.
    Temáticas abordadas nesta consulta: Menopausa, Climatério, Crise de meia-idade, Síndrome do ninho vazio, Síndrome da porta giratória, Sintomatologia Climatérica (Calores, Suores, insónias), Sintomatologia Psicologica (ansiedade, depressão, mudanças de humor), alterações do interesse sexual…, entre outras.

  8. Lia

    16 Novembro, 2010 as 20:32

    ola,eu sou a Lia tenho 54 anos e vivo no canada,fui sempre muito saudavel ate fazer os meus 50,tudo apareceu,primeiro osteoporosis,logo a seguir a menopausa que me causou cancro na mama derivado a elevada quantia de hormonas e estrogeneos,desde marco 2009 ate hj novembro 2010 que so tenho sofrido,tiraram me um peito em setembro 2009,depois de ter feito quimio e radiaccao,o que foi horrivel,3 meses depois o cancer voltou e estou novamente na quimio,desta vez em comprimidos,pelo menos o cabelo nao caiu,tem sido extremamente dificil,principalmente pq a familia me fexaram as portas pq pensavam que eu estava a dar em doida,tem sido um pesadelo,sem ninguem ,e tao doente,odeio este pais ha 22 anos que aqui vivo,quero voltar a viver em portugal para sempre nem que tenha de comer pao e beber agua para o resto da vida,Gracas Deus que tem sido o meu confidente e amigo todo o tempo,eu finalmente estou a superar o cancer ,vou terminar a quimio em janeiro ,e estou a pensar em fazer a reconstruiccao do peito no proximo ano!!esta tem sido a minha vida faz quase 2 anos,o que e uma eternidade para quem sofre!!God bless!!!

    • marlene vieira

      14 Outubro, 2013 as 20:06

      Amiga não se desespere confia en Deus.
      Eu fiz esterectomia total,passei por uma grande depresão,
      mais agora estou melhor.

      Beijos.

  9. faty real

    25 Novembro, 2010 as 18:15

    Estimada LIA, o seu depoimento deixou-me triste,porque não entendi o pq de a sua familia não apoiar nessas horas tão tristes,quanto ao Canadá sei bem o que é o clima,jamais quis emigrar,embora muitas pessoas da minha familia o tenham feito,sinceramente vi-as com mais dinheiro,mas mais tristes,quanto a menopausa causar-lhe o cancro creio que foi uma coincidência pq conheço dezenas de mulheres que passaram pela menopausa sem cancro,claro que o decréscimo de estrogénios tem consequencias,bem amiga faça sim a reconstrução mamaria,seja acima de tudo uma mulher que se ama e com muita auto-estima,e venha assim que possa,pq viver num país que se odeia é triste e deprimente.
    Com todo o carinho,envio o meu apoio e força,com votos de melhoras rápidas.

    faty real

  10. Ana

    28 Novembro, 2010 as 5:16

    Olà, chamo-me Ana tenho quase 50 anos e moro na Belgica, e contrariamente à maioria das pessoas eu fico radiante todos os meses quando me vem o periodo, tenho medo da menopausa, tenho receio de todas as mudanças que se ouve, o vosso artigo dà uma visão um pouco mais positiva desse periodo tão importante da nossa vida, eu tenho tendencia a ver a menopausa como “o principio do fim”. Obrigado pelo vosso artigo, continuem, gosto muito do vosso trabalho, um beijinho, Ana

  11. Marisa Carreira

    28 Novembro, 2010 as 15:36

    45 anos, na perimenopausa e sem dramas: até agora não noto diferenças, a não ser a irregualridade do período. Faço exercício físico, 45 min. da caminhada diária e tenho cuidado com a limentação, mas sem fazer dietas restritivas. Ensinaram-me que devemos fechar a boca depois das 18h., evitando alimentos muito calóricos, comendo apenas uma sopa e fruta, pois parece que depois dessa hora o organismo absorve tudo, uma vez que o metabolismo diminuí. E já pensaram que a menopausa é o único método anti-concepcional 100% natural e 100% eficaz? Alegrem-se!

  12. Tete

    9 Dezembro, 2010 as 14:26

    Relativamebte a eta fase de vida da mulher, eh uma questao de tentar estar bem informada quanto a este assunto. Eu apos presenciar varias crises com uma colega de trabalho, quando estava com 37 anos, hoje tenho 55 anos, recorri de imediato as pesquisas. Dai descobri em Lisboa uma associacao que fornecia consultas e informacoes, via telefone, gratuitas, a todas as pessoas interessadas. Depois fiz uma consulta com a minha Medica de Familia que me informou muito mais e os respectivos sintomas e, sem quaisquer efeitos, comecei a tomar umas capsulas naturais “MENOPASE”. Aos 52 anos foi o prmeiro sintoma, principalmente os calores mas suportaveis e passageiros apos uns segundos…porque estava realmente informada do que me estava a passar. Sempre fiz exercicios fisicos e sempre cuidei da alimentacao. Resolvi vir para Londres viver e falei com o meu Medico de Familia em Londres. Dai soube que eh possivel um tratamento, dependendo da pessoa assim iria depender o tratamento. Sao uns comprimidos que segundo explicado pelo Medico, tem que haver um controle rigido e rigoroso porque pode causar cancro. Antes do inicio do tratamento com os tais comnprimidos sao feitos todos os tipos de exames que esta patologia requer. O tratamento foi de tres meses e apos isso novamente os exames para ver como estavam os indices que, felizmente estava tudo OK. Mas eu acabei, por minha iniciativa, isto derivado do medo ou receio, de desistir deste tratamento e optei por aguentar principalmente os calores que, neste momento ate estao a diminuir substancialmente. Levo, Gracas a Deus, uma vida sadavel, nao despensando de forma alguma o ginasio (2 a 3 horas por dia) e uma alimentacao saudavel. Cuidem-se

  13. Julia Vieira

    9 Dezembro, 2010 as 14:54

    Boa tarde,
    Gostei paticularmente do vosso artigo especialmente porque está escrito de forma bem simples e penso que ao acesso de todas as mulheres. Eu estou em plena menopausa, Poque há cerca de 1 1/2 não tenho período. Gostaria noentanto de partilhar com as leitoras deste artigo o seguinte muito antes de entrar na menopausa aí um dez anos antes tive uma fase terrivel de calor, parecia que queimava, lembro-me que fomos de férias eu e meu marido e o que valeu foi que a casa tinha dois bons quartos e eu só conseguia descansar um pouco quando estava só. E nessa altura ainda tinha o período e tive por muito tempo, falei com o médico mas ele desvalorizou. O certo é conforme me veio aquela fase assim desapareceu. Penso que a fase da irritabilidade é a pior tudo nos incomoda e essa é mais dificil de passar. No entanto faço todo o possível para ouvir muita música, ler , estar a par da politica e intervir (tentar não deixar o cérebro envelhecer – o mais importante de tudo).
    Força MULHERES!!!

  14. Julia Vieira

    9 Dezembro, 2010 as 14:57

    Agora dirigido ao SITIO DA MULHER gostava e penso que todas iriam gostar que vocês fizessem um post na sequência deste com cremes que devemos usar, no rosto corpo e mãos (manchas) exercicios que devemos e não devemos fazer, maquilhagem (o que devemos usar a partir dos 50/60 anos), moda. Vá lá nós podemos estar um pouco mais velhas mas queremos estar lindas e charmosas, MAS SEM ENTRAR NO RIDICULO!!!

  15. Rosa Santos

    13 Dezembro, 2010 as 17:15

    Olá, eu sou a Rosa e no dia 25 de Novembro de 2004, fiz uma cirurgia cardiotoráxica que por sinal correu muito mal. Mesmo assim fiquei para contar. Pois eu tomava anticoncepcional (comprimido), que nos dá uma menstruação falsa. pois bem, encontrava-me nos cuidados intensivos e o período veio-me com uma força brutal. Quando tive alta e fui para casa, o período continuo em muita quantidade (entretanto tinha deixado de tomar o anticoncepcional), não indicado para o meu problema cardíaco. Dirigi-me ao médico e eis que ele me informa que eu estava numa pré-menopausa e que não poderia de todo tomar anticoncepcional, mas teria de resolver o meu problema. E assim foi, eu tinha 46 anos na altura então a médica indicou-me o “mirena”, dispositivo intra uterino que aconselho a todas as mulheres. Até hoje encontro-me com ele e acreditem esses sintomas como calores, etc.. nada, nunca senti apenas alguma (ligeira irritabilidade), hoje mesmo fui buscar as análises que vou agora mostrar para saber se eventualmente volto a colocar o mirena ou se ao contrário o retiro e não volto a colocar. Uma coisa interessante. Coloquei o mirena, e só fui menstruada uma vez, desde aí e já lá vão 5 anos, nunca mais menstruei. O que para mim é óptimo é uma autêntica liberdade. A MENOPAUSA NÃO É DE TODO UM BICHO DE SETE CABEÇAS!!!! Todas temos de passar por ela mais cedo ou mais tarde e é um ciclo da nossa vida como outro qualquer. Não temam a menopausa. Tenho 52 anos, não me sinto com tal idade. Visto o que quero (não engordei), e nem me dão essa idade. FORÇA MULHERES BORA LÁ SORRISO E BOLA PARA A FRENTE. Já agora Boas festas!

  16. Sandra

    1 Janeiro, 2011 as 18:48

    Lia querida, leia este site: http://www.sitiodamulher.com/prepare-se-para-a-menopausa
    Muito importante, a cura do cancêr através da babosa.
    Beijos e um feliz 20011 com muita saúde, paz e bençãos de Deus.

  17. Sandra

    1 Janeiro, 2011 as 18:56

    DesculpeLia, errei o site. O site é: http://ocancertemcura.forum-livre.com/login?redirect=%2Ft9-topic
    Entre e registre-se. VC vai adorar este site, Várias pessoas já foram curadas do cancer através do tratamento com um certo tipo de babosa.

  18. ROSALINA

    8 Março, 2011 as 15:41

    OLA,EU SOU A ROSALINA,E TENHO OPINIAO DIFERENTE,ESTOU COM 40 ANOS E JA SINTO ALGUNS SINTOMAS,TENHO CALOR HORRIVEIS,QUE ENCOMODA MUINTO.TENHO MUINTA DOR NO ULTERO,E MENTRUAÇOES INREGULARES.TENHO MUINTA ENXAQUECA,ANTES E DEPOIS E DEPOS DO CICLO MENTRUAL.

  19. Isabel Ferreira

    5 Junho, 2012 as 21:23

    Nunca estarei preparada!!! envelhecer é muito dificil e triste…!

  20. Pingback: Os Ovários e o Cancro do Ovário | Mulher

  21. Joaquina Maria Mansos Redondo

    31 Julho, 2012 as 14:56

    Obrigado por todas as ajudas que me deram

  22. Maria João Seabra

    31 Julho, 2012 as 15:45

    Idem, idem

  23. Pingback: Dicas para evitar as cãibras

  24. Suzana Costa

    8 Fevereiro, 2013 as 20:42

    Tenho 45 e dia 31 de dezembro chegou minha mesntruação, fiquei a metade do mes todo de janeiro(2013) sangrando…as vezes um sangue escuro, as vezes sangue normal, sem dores, sem incomodos….ate que dia 18/janeiro o ciclo chegou com tudo, parando 3 dias depois e cessando completamente.Agora em fevereiro tenho sentido dores de cabeça enjoadas, tonturas, e mais nada.A única coisa que tem mudado em meu corpo é meu desejo sexual, há cerca de um ano me sinto “desanimada”, preguiçosa, para o sexo.Meu marido reclama muito e as vezes sinto-me violentada pq ele não entende e acabo tendo relações para agrada-lo.Acho que estou nessa primeira fase da menopausa,só engordei um pouco ao redor da cintura, o cabelo cai muito, mas cresce com muita rapidez.
    Sinto que minha pele esta perdendo elasticidade com muita rapidez, mas vou começar a fazer uma dieta com soja e procurar consumir alimentos mais saudaveis.Beijo grande a todas!

  25. Maria Luiza

    21 Agosto, 2013 as 17:09

    Minha menstruação parou a 4 anos, e agora depois deste tempo voltou, tenho 57 anos, isso é possivel??????

  26. FATIMA SILVA

    22 Dezembro, 2013 as 13:47

    boa tarde gostaria que me tirassem uma duvida se possivel:fui operada e tirei o utero ,mas fiquei com os ovários,vou continuar a ter o periodo menstrual normalmente???

  27. simone

    4 Fevereiro, 2014 as 17:59

    tenho 37 anos estou com irregularidade na menstruaçao pode ser começo da mnpausa?tomo antidepressivo por causa da ansiedade e há 3 anos sofro com calor falta de ar insônia e enxaqueca principalmente quando ta pra descer.

Fazer um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>